Condições de Venda

Condições de Venda

1 – Vendas a Dinheiro: mínimo transacção 250 €

2 – Vendas a Crédito: mínimo transacção 1.000 €

3 – Preços
Em princípio, e salvo acordo da nossa parte, os preços são os que vigoram à data da encomenda aceite.
Nas vendas a dinheiro ao balcão, com transporte do cliente, e abaixo dos mínimos de transacção, terá que ser debitado um valor adicional de custos administrativos de 10 €.
Nas vendas inferiores a 250 € terá que ser debitado um valor adicional de custos de transporte de acordo com o destino.
Encomendas de produtos específicos e não standards exigem que o cliente sinalize com um valor de 20% da encomenda.

4 – Prazo de entrega
A J. Soares Correia apenas garante os fornecimentos por si aceites, não se responsabilizando em qualquer caso por atrasos motivados por greves, acidentes de exploração e outros motivos de força maior.

5 – Pesagem
Para todos os efeitos as únicas pesagens válidas são as efectuadas nas nossas instalações, em balanças devidamente aferidas pelas entidades entidades competentes, podendo o cliente proceder a uma outra pesagem, sendo os custos decorrentes por sua conta.

6 – Reclamações
Quaisquer reclamações deverão ser-nos apresentadas por escrito no prazo máximo de 15 dias, contados a partir da data de expedição. Não se aceita qualquer reclamação que resulte de trabalhos para os quais os materiais não são aconselhados quer pela qualidade quer pela sua utilização.

7 – Devoluções
Em caso de defeito do produto, realmente existente e reconhecido pela J. Soares Correia, será de obrigação desta proceder à troca ou aceitar a devolução do material. Os produtos objecto de reclamação deverão estar à disposição da J. Soares Correia no mesmo estado em que foram entregues, e só poderão ser trocados ou devolvidos se não tiverem sofrido qualquer tipo de alteração ou manipulação. As devoluções de produtos cuja causa não seja imputável ou aceite pela J. Soares Correia, serão objecto de avaliação e, caso aceites, o transporte será sempre de conta do cliente (tabela em vigor).

8 – Pagamento
Não sendo o pagamento efectuado nas condições referidas em 3.1, a J. Soares Correia reserva-se o direito de debitar juros à taxa supletiva em em vigor nos termos legais, bem como de suspender os fornecimentos.
No caso de pagamento por letra as despesas são por conta do cliente. Estas despesas não serão acompanhadas de nota justificativa de qualquer instituição de crédito. As reformas terão que obedecer às condições em vigor.
Dando cumprimento ao disposto na Lei 20/2012 de 14 de Maio e alínea e) do art.º 63º da LGT, só se aceitam pagamentos de faturas ou documentos equivalentes de valor igual ou superior a 1.000 Eur (mil euros) via Transferência bancária ou por Multibanco. O valor mínimo para pagamento por Multibanco é de 100,00 Eur (cem Euros).